A Queda Para o Alto

 



Aos vinte anos de idade Sandra mara herzer, ou Anderson Herzer, como ela passou a se autodenominar depois de assumir uma identidade masculina, encontrou na morte o fim de seus dramas. Ainda muito pequena passou por acontecimentos dolorosos, decepções com entes queridos e maus-tratos. Seu pai foi assassinado quando ela tinha três anos, sua mãe morreu quando Sandra ainda não completara oito anos. Foi adotada por seus tios; mas, sempre incompreendida, desenvolveu grande sensibilidade e também rebeldia. internada na Febem, neste mundo diferente, severo, morto, desumano, injusto - como diz no livro - conheceu mais um lado cruel da vida.

Postar um comentário

0 Comentários