SetList



Sinopse: Esta é uma narrativa policial. Nada mais que isso. Como em qualquer história do gênero, o objetivo é encontrar o autor (ou autores) do crime cometido e o(s) seu(s) motivo(s). As diferenças aqui das narrativas policiais clássicas são: você poderá ler o livro da maneira que você quiser, ou seja, você poderá lê-lo começando da primeira história e seguir a sequência até a última; ou começar da última, de trás para frente no livro, até chegar à primeira; ou abrir o livro no meio e escolher começar por qualquer ordem das histórias e fazer a sua sequência de leitura do livro. Aqui, todas as histórias são ao mesmo tempo independentes e dependentes umas das outras: este livro é dinâmico como um SetList de música eletrônica de qualquer DJ, isto é, tem uma lógica peculiar da ação.
Também é uma história bem brasileira: nem sempre as coisas estão/são claras e resolvidas. Mergulhe da sua maneira na narrativa e descubra, no seu tempo, seu espaço e sua percepção, o(s) autor(es) e motivo(s) do crime. Como disse anteriormente: é uma narrativa baseada na estética do cotidiano de um dos países mais violentos e que mais mata pessoas LGBTs no mundo. Afinal, é só mais uma morte para as estatísticas.

Postar um comentário

0 Comentários